Setor armazenador discute normas de certificação

 

 

 

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), por meio da Comissão Consultiva do Sistema Nacional de Certificação de Unidades Armazenadoras reúne dia 28, entre 8h30 e 18h, no auditório da Embrapa Soja (Londrina-PR), cerca de 150 representantes do setor armazenador de várias regiões brasileiras.
 
O evento é gratuito e destina-se a administradores e responsáveis técnicos de unidades armazenadoras, entre outros representantes do setor de armazenagem. Atualmente o Brasil conta com aproximadamente 17 mil unidades armazenadoras, responsáveis pelo armazenamento da produção nacional de grãos e sementes. O Encontro com o Setor Armazenador visa aproximar os diversos atores da cadeia de armazenamento de grãos no Brasil e discutir os requisitos técnicos de certificação, previstos na Instrução Normativa do Mapa IN29, de 8 de junho de 2011.
 
De acordo com o pesquisador da Embrapa Soja, Irineu Lorini, presidente da Associação Brasileira de Pós-Colheita (Abrapos), a certificação prevê uma série de ítens técnicos necessários para que se possa ter um produto com qualidade definida. “Os requisitos previstos na IN29 vão desde itens na recepção, secagem e armazenagem dos grãos em silos e graneleiros, até os registros operacionais de circulação desses produtos nas unidades armazenadoras”, explica Lorini. “Também serão necessários estabelecer sistemas de termometria, aeração dos grãos com parâmetros técnicos, controle de pragas, combate a incêndio, entre outros requisitos, para termos unidades armazenadoras certificadas”, explica.

Para possibilitar a adequação do setor, as instruções normativas do Mapa (IN41 e IN29) estabelecem um prazo de cinco anos para que 100% das unidades armazenadoras brasileiras estejam certificadas. “A partir de 2012, as unidades armazenadoras darão início ao processo de certificação. Deverão ser certificadas 15% da capacidade estática de suas unidades armazenadoras por ano, sendo que o prazo final para certificação termina em 2017”, explica Lorini.

 

Outros registros:

Tratamento e recobrimento é tema de abertura do Congresso Brasileiro de Sementes
Sistema de baixa emissão de carbono traz benefícios para a produção de sementes


Ver todos os registros


Informativos

Setor armazenador discute normas de certificação

      O Minist&ea...


Cadastre seu E-mail

Nome:
Email:
 

Representantes


Calcário Tangará Industria e comercio Ltda - Av. Brasil, 483-N - Tangará da Serra - MT - Desenvolvido por Fuzzon Tecnologia